Consórcio internacional distribui vacinas da Universidade de Oxford
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Consórcio internacional distribui vacinas da Universidade de Oxford

O Ministério da Saúde recebe neste domingo (21) a primeira remessa de vacinas adquiridas por meio do consórcio global Covax Facility . A chegada está prevista para às 18h, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo . Neste primeiro lote, o Brasil vai receber 1.022.400 de doses da vacina de Oxford fabricadas na  Coreia do Sul . Mais 1,9 milhão de doses devem chegar até o final do mês de março.

As doses chegam ao país por meio do Fundo Rotatório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). O cronograma inicial prevê 2,9 milhões de doses em março e outras 6,1 milhões até maio, sendo que o acordo do Brasil com a aliança global de vacinas prevê 42,5 milhões de doses para 2021.

O consórcio foi criado com o objetivo de fomentar o desenvolvimento e a produção de imunizantes contra a Covid-19 , permitindo o acesso justo e igualitário às vacinas através das parcerias com os laboratórios.

Para o mês de março, o cronograma do Ministério da Saúde  prevê a entrega de um total de 30 milhões de doses: 23,3 milhões do Instituto Butantan , enviados em remessas semanais e distribuídas na mesma periodicidade; 3,8 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzida na Fiocruz; e mais 2,9 milhões de doses do mesmo imunizante adquiridos via consórcio Covax Facility.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários