Covid-19: Ministro da Saúde anuncia antecipação de doses da Pfizer
Reprodução
Covid-19: Ministro da Saúde anuncia antecipação de doses da Pfizer

O ministro da Saúde,  Marcelo Queiroga, afirmou, nesta quarta-feira (14), que o governo vai antecipar o recebimento de doses da vacina da Pfizer  contra a Covid-19 até o mês de junho, totalizando 15,5 milhões de doses do imunizante.

"Trago para o senhores uma boa notícia. A antecipação de doses da vacina da Pfizer, fruto de ação direta do presidente da República, Jair Bolsonaro, com o principal executivo da Pfizer, que resulta em 15,5 milhões da Pfizer já no mês de abril, maio, junho", disse o ministro.

E complementou: "Conseguimos antecipar, no calendário anteriormente previsto, das 100 milhões de doses, 2 milhões de doses da vacina da Pfizer que vai fortalecer nosso calendário de vacinação." Antes, o governo federal tinha previsto que receberia até 13,5 milhões de doses do imunizante da Pfizer até junho.

Kit intubação

O ministro afirmou também que foram discutidas, na reunião desta quarta-feira (14), estratégias para ampliar a oferta de insumos que fazem parte do 'kit de intubação' para pacientes em estado grave de Covid-19.

Você viu?

"O governo federal, através de iniciativa conjunta com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), já fez uma compra direta e estimamos que nos próximos 10 dias tenhamos nosso estoque regulador fortalecido para acabar com essa luta do dia e dar suporte para as secretarias (estaduais e municipais)", disse Queiroga.

Segundo ele, o governo fará um pregão internacional para comprar mais fármacos que fazem parte desse kit e ampliar seus estoques. A declaração sobre o ' kit intubação' vem após a publicação de um texto em que o  governo de São Paulo diz que não tem condições de manter o sistema de saúde no estado por falta de medicamentos do kit, e que o governo federal não está ajudando com o fornecimento dos materiais necessários.

Confira a nota do Ministério da Saúde sobre a antecipação das doses da Pfizer:

O Ministério da Saúde informa que conseguiu antecipar 2 milhões de doses da vacina covid-19 da farmacêutica Pfizer para o primeiro semestre, para fortalecer ainda mais a campanha de vacinação. Deste total, 1 milhão chegam ao Brasil em abril.

Com isso, a previsão é de que 15,5 milhões de doses do imunizante cheguem ao Brasil até junho. O contrato entre a pasta e a farmacêutica é de 100 milhões de doses de vacinas até o fim de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários