Saúde inclui grávidas e puérperas em grupo prioritário da vacinação contra Covid
Divulgação / PMBR
Saúde inclui grávidas e puérperas em grupo prioritário da vacinação contra Covid

O Ministério da Saúde enviou, nesta última segunda-feira (26), uma nota técnica orientando que todas as grávidas e puérperas sejam colocadas no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19. No dia 15 de março, o governo já havia incluído as gestantes com comorbidades no grupo prioritário.

O governo federal disse ainda que primeiro devem ser vacinadas as grávidas com doenças pré-existentes que podem agravar os quadros de Covid-19.

"Neste momento, é altamente provável que o perfil de risco verus benefício na vacinação das gestantes seja favorável. Portanto, o Programa Nacional de Imunizações (...) decidiu por recomendar a vacinação contra a Covid-19 de todas as gestantes e puérperas e incluí-las nos grupos prioritários para vacinação", diz a nota da pasta.

Critérios

O Ministério da Saúde ressaltou que, na atual etapa da campanha, o foco é a vacinação de pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência. Por isso, o governo apresentou os seguintes critérios e fases para priorizar a vacinação.

Fase 1 - Vacinar de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado:

  • Pessoas com Síndrome de Down, independente da idade
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise)
  • Gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade
  • Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos
  • Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos


Fase 2 - Vacinar segundo as faixas de idade de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos:

  • Pessoas com comorbidades
  • Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no BPC
  • Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários