Vacina da Pfizer usa tecnologia do RNA mensageiro
Patrick T. Fallon/Divulgação
Vacina da Pfizer usa tecnologia do RNA mensageiro

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou nesta segunda-feira (3) que começou a avaliar o uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech para adolescentes com faixa etária entre 12 e 15 anos.

Atualmente, o imunizante está autorizado na União Europeia somente para pessoas com mais de 16 anos.

Segundo comunicado, a EMA fará "uma avaliação acelerada dos dados apresentados, incluindo os resultados de um grande estudo clínico em curso envolvendo adolescentes com idade igual ou superior a 12 anos, a fim de decidir se deve recomendar a extensão da indicação".

A análise será realizada pelo comitê de medicamentos da EMA, que posteriormente emitirá um parecer para ser submetido à Comissão Europeia. A expectativa é de que o resultado seja divulgado em junho.

A Comirnaty, da Pfizer/BioNTech, usa a inédita tecnologia do RNA mensageiro (mRNA), uma proteína sintética que codifica a proteína spike (a "coroa de espinhos" do Sars-CoV-2), e foi a primeira vacina a ser usada na UE contra a Covid-19 após aval da EMA em dezembro de 2020.

Atualmente, a UE faz uso de quatro imunizantes para combater o coronavírus Sars-CoV-2: Pfizer/BioNTech, Moderna, Oxford/AstraZeneca e Janssen (grupo Johnson & Johnson).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários