Ampola de CoronaVac
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Ampola de CoronaVac


A mensagem de um suposto médico dizendo que a Coronavac não funciona por causa de eventuais resultados negativos em testes de anticorpos viralizou nas redes sociais. No entanto, o grupo Fleury, que foi citado no áudio, negou a informação.

Ao jornal Folha de S.Paulo, o laboratório disse que o resultado negativo no exame não quer dizer que o paciente não tenha apresentado resposta imune ao Sars-CoV-2. Segundo informações do Fleury, em 70% dos casos o teste dá positivo em pessoas que se declaram vacinadas -- nos outros 30%, o exame dá negativo, mesmo havendo resposta imune. 

Fora isso, o organismo tem imunidade celular, que é mais difícil de se aferir e que pode intervir no teste. 

No áudio, o suposto médico também diz que a vacina modifica o código genético dos pacientes e recomenda o uso de ivermectina a cada 15 dias e vitamina D como tratamento precoce contra a Covid-19 --  medicamentos com ineficácia comprovada contra a doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários