Janssen
Reprodução: iG Minas Gerais
Janssen


Neste mês, 3 milhões de doses da vacina Janssen, da Johnson & Johnson, chegam ao Brasil.  Segundo comunicado feito pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (8), os imunizantes têm prazo de validade até 27 de junho e, por isso, precisam ser aplicados com rapidez. 

Segundo a colunista da Folha, Mônica Bergamo, isso tem preocupado os gestores, já que as doses devem desembarcar na próxima terça no Brasil. À coluna, o Ministério da Saúde disse estar montando uma estratégia para a aplicação imediata da vacina.

As doses da Janssen sertão distribuídas apenas às capitais e a pasta diz que fará uma campanha de incentivo para que as pessoas procurem os postos de saúde -- já que, segundo afirmou à coluna, o país tem capacidade de aplicar 2,4 milhões de doses por dia. 

Fabricada pela Johnson & Johnson, a vacina tem eficácia de 85% na prevenção de casos graves  e apresenta proteção total contra hospitalização e morte por Covid-19, segundo estudo divulgado em janeiro. Entre as vantagens do imunizante, estão a aplicação em dose única e o armazenamento, que pode ser feito em geladeira.

Segundo acordo assinado pelo Ministério da Saúde assinou com a Janssen, ao todo serão adquiridas 38 milhões de doses --  de 16,9 milhões delas entre julho e setembro e 21,1 milhões de outubro a dezembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários