China erradica malária após 70 anos, diz Organização Mundial da Saúde (OMS)
Fusion Medical Animation/Unsplash
China erradica malária após 70 anos, diz Organização Mundial da Saúde (OMS)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) certificou a China como "país livre da malária" nesta quarta-feira (30), após esforços de 70 anos para erradicar a doença. O reconhecimento vem após a nação passar quatro anos consecutivos sem ter nenhum caso endógeno.

"Nós parabenizamos o povo chinês. O seu sucesso foi conquistado duramente e chegou depois de décadas de ações focadas. Com esse anúncio, a China se une ao número crescente de países que estão demonstrado ao mundo que um futuro sem a malária é possível", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Para solicitar a certificação, um país precisa passar por três anos consecutivos sem registrar casos endógenos e mostrar que tem capacidade de prevenir o ressurgimento da malária. Pequim apresentou o pedido em 2020 e os especialistas da OMS foram ao território em maio deste ano para analisar a situação e os planos de prevenção.

Segundo os especialistas, há o risco de que casos isolados reapareçam por conta de características locais e, por isso, a China intensificou a vigilância em áreas consideradas de risco para evitar o ressurgimento.

A China chegou a contabilizar 30 milhões de casos por ano na década de 1940 e o governo, desde então, fez muitas ações para erradicar a doença. A nação se torna a primeira da região do Pacífico ocidental a conseguir o status da OMS em mais de 30 anos - o último havia sido Brunei, em 1987. Antes, Austrália (1981) e Singapura (1982) tinham conquistado o certificado.

No mundo são 40 os países que estão livres da Malária, sendo que os últimos a conquistarem o certificado foram Argentina (2019), Paraguai e Uzbequistão (2018). Outros 61 nunca registraram casos de malária ou a doença sumiu sem que fossem tomadas medidas específicas.

A malária é uma doença infecciosa, que pode se tornar muito grave e levar à morte, causada por um parasita do gênero Plasmodium, que é transmitido por picada do mosquito do gênero Anopheles que está infectado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários