São Paulo anuncia 30 eventos-teste com profissionais vacinados
Reprodução/Governo de São Paulo
São Paulo anuncia 30 eventos-teste com profissionais vacinados


O governo João Doria anunciou nesta quarta-feira (7) a compra de 4 milhões de doses da vacina CoronaVac para acelerar a campanha de imunização contra a Covid-19 no estado de São Paulo. 

"O Governo de São Paulo compra, adicionalmente, 4 milhões de doses extras para agilizar a campanha de vacinação no estado", afirmou Doria. "Vamos antecipar o calendário de vacinação em São Paulo sem interferir no contrato do Instituto Butantan com o Brasil", acrescentou. 

A primeira entrega deve ocorrer ainda nesta quarta, com 2,7 milhões de ampolas vindas da China. O restante, 1,3 milhão, é esperado para até 26 de julho.

Você viu?

Com isso, um novo calendário deve ser apresentado nos próximos dias.  O uso dessas vacinas será dedicado ao estado de São Paulo, exclusivamente.

Doria também reiterou o compromisso de que o Instituto Butantan antecipará em 30 dias a entrega de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde. "O instituto Butantan entregará 47 milhões de doses complementares até 31 de agosto", afirmou o governador.

"Temos feito um enorme esforço para recuperar os cronogramas que foram apresentados ao Ministério da Saúde. Agora em junho tivemos boa notícia de regularização do fornecimento de matéria-prima e isso nos permite novamente prever a conclusão do contrato com o Ministério da Saúde até o final de agosto", disse Dimas Covas, presidente do Butantan.

Pelo contrato, o instituto pode entregar esse montante até 31 de setembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários