UTI de Hospital em Porto Alegre
SILVIO AVILA
UTI de Hospital em Porto Alegre


Levantamento do Observatório Fiocruz divulgado nesta quarta-feira aponta melhora no cenário da pandemia no Brasil. Pela primeira vez desde o início de dezembro de 2020, nenhum estado apresenta taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 no SUS superior a 90%. A tendência de queda nos indicadores de incidência e mortalidade foi mantida nesta última Semana Epidemiológica, de 4 a 10 de julho, pela terceira vez consecutiva. O número de casos e de óbitos vem caindo há três semanas em cerca de 2% ao dia, mas ainda permanece em alto patamar. A taxa de letalidade foi mantida em torno de 3%, percentual considerado elevado.

Você viu?

De acordo com os pesquisadores da Fiocruz, a diminuição na incidência de casos novos e mortes pode indicar um processo de arrefecimento da pandemia, que deve persistir nos próximos meses. O estudo também sinaliza que a tendência de redução das taxas de ocupação de leitos é um reflexo desta nova fase.

Queda na média de mortes

O Brasil notificou 1.613 mortes por Covid-19 nas últimas 24h. Isto eleva para 535.924 o total de vidas perdidas para o coronavírus. A média móvel foi de 1.273 óbitos, a menor desde 1º de março. Foi uma redução de 23% em comparação com o cálculo de duas semanas atrás.

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários