Jair Bolsonaro é internado com obstrução no intestino
Reprodução/Twitter
Jair Bolsonaro é internado com obstrução no intestino


Após sofrer com soluços há mais de dez dias,  o presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) foi internado nesta quarta-feira (14). Em uma de suas lives na semana passada, o chefe de estado disse que o  problema começou logo depois de um procedimento odontológico. Mas a crise persistente pode ter a ver com a  facada que o presidente levou em 2018.

Na tarde desta quarta, após exames realizados no Hospital da Força Aérea, em Brasília, Antônio Luiz Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen de Bolsonaro decorrentes da facada, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo. Na capital paulista, ele fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência.

André Augusto Pinto, cirurgião geral e cirurgião bariátrico da Clínica Gastro ABC, explica que primeiro é preciso saber se Bolsonaro tem mesmo uma obstrução intestinal por meio de exames de imagem. Caso seja de fato detectado, o problema pode estar relacionado à facada que o presidente levou na véspera das eleições presidencias. 

"Essa obstrução intestinal pode ser que esteja relacionada à facada devido às múltiplas cirurgias abdominais que o presidente foi submetido o que pode levar a aderências das alças intestinais causando como se fosse uma torção/angulação dessas alças do intestino e isso levar obstrução intestinal que é a parada de eliminação de gases e fezes", explica Augusto Pinto.

Também devido às várias cirurgias a que foi submetido, Bolsonaro pode desenvolver casos de hérnias internas, aderências do intestino, causando obstrução intestinal. "Podendo levar a soluços e também vômitos persistentes, além de dor e distensão abdominais".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários