Vacinação com a ButanVac pode começar este ano
Reprodução/Flickr
Vacinação com a ButanVac pode começar este ano


A vacinação contra a Covid-19 com a ButanVac pode começar ainda neste ano, afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, à Rádio Eldorado, nesta sexta-feira (16). A expectativa é que o pedido de uso emergencial seja enviado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em outubro.

Leia também:  Butanvac busca voluntários; quais os próximos passos para a vacina brasileira

"Esperamos que a Anvisa seja rápida nessa análise", disse Covas. Se houver essa rapidez, "é possível que tenhamos ainda neste ano a utilização desta vacina", afirmou o diretor do Butantan, que já tem 10 milhões de doses prontas em estoque.

Você viu?

Segundo informações do Estadão, o instituto deve pedir o uso emergencial da ButanVac sem os resultados clássicos de eficácia, que são obtidos na fase 3 da pesquisa e que têm como base dados de infecções e hospitalizações de participantes do estudo. 

A atual etapa de testes foi iniciada neste mês e divide os voluntários em quatro grupos. O grupo 1 será vacinado com um micrograma; o grupo 2 será vacinado com três microgramas; o grupo 3 vai receber 10 microgramas e grupo 4 será vacinado com placebo.

A partir daí, sem que os participantes saibam a qual grupo pertencem, passam a ser avaliadas a segurança da vacina e definida qual a dosagem que será incorporada à vacina definitiva. Nas próximas etapas, a Butanvac será avaliada em relação à resposta imune que produz.

Na fase B, já com a dosagem definida, 5 mil voluntários serão vacinados. Essa etapa vai ocorrer em Ribeirão Preto e em São Paulo e envolverá pessoas que já receberam outras vacinas, pessoas que já foram contaminadas e pessoas não vacinadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários