Covid-19: Agência europeia libera uso da vacina da Moderna em adolescentes
Reprodução/Moderna
Covid-19: Agência europeia libera uso da vacina da Moderna em adolescentes

O Comitê dos Medicamentos para Uso Humano (CHMP) da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) autorizou o uso da vacina anti-Covid da Moderna em adolescentes de 12 a 17 anos nesta sexta-feira (23).

Chamado de Spikevax, esse é o segundo imunizante liberado no continente para essa faixa etária após a Cominarty, desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech. Atualmente, o uso da fórmula era autorizado para pessoas acima dos 18 anos e já é amplamente utilizada em todos os países da União Europeia e da Área de Schengen.

A aplicação deve ser realizada da mesma maneira que nos adultos, com duas doses com uma distância de quatro semanas.

O estudo de liberação envolveu 3.732 pessoas entre 12 e 17 anos e apresentou resultados "comparáveis" aos dos adultos. Durante os testes, não houve nenhum contágio entre os 2.163 que receberam as duas doses do imunizante e quatro casos entre os 1.073 que receberam uma vacina placebo.

As reações adversas foram leves e as mesmas dos adultos, como dor no local da aplicação, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, febre e náuseas. Não foi detectada nenhuma reação adversa grave.

A vacina da Moderna foi a segunda a receber a autorização de uso emergencial da EMA, ainda em 6 de janeiro, sendo que a União Europeia contratou cerca de 460 milhões de doses (em compra inicial e adicional) com a farmacêutica norte-americana.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários