Japão sofre com lotação dos hospitais e interna só casos mais graves de Covid-19
Unsplash
Japão sofre com lotação dos hospitais e interna só casos mais graves de Covid-19

O Japão está passando pelo pior momento da pandemia da Covid-19. O país está nas últimas semanas batendo recordes diários de novos casos e a consequência disso é uma superlotação dos hospitais. Segundo a Reuters, nessa terça-feira (3), as autoridades de saúde japonesa informaram que com a falta de leitos apenas pacientes em estado grave vão ser internados.

Tudo isso acontece enquanto a capital Tóquio, responsável por quase um terço dos casos de todo o país, recebe as Olimpíadas. Os jogos vão ocorrer ainda durante toda essa semana e a população japonesa se mostrou majoritariamente contrária a realização do evento. Apesar disso, não há indícios de que exista uma relação entre o aumento de contaminado e os jogos, já que a “bolha olímpica”, cheia de protocolos de segurança, registrou apenas 281 testes positivos.

“Alguns (pacientes) nós estamos mandando de volta para casa. Em meio à empolgação das Olimpíadas, a situação dos profissionais de saúde está bem grave”, disse Hironori Sagara, diretor do Hospital da Universidade Showa à Reuters. A média móvel de novos casos está próxima de 10 mil.

Covid-19 no Japão

De acordo com as autoridades, a maior parte dos pacientes internados com Covid-19 são de jovens ainda não vacinados. A imunização avançou de forma lenta no país, tendo começado apenas em meados de fevereiro e sendo intensificada somente agora. É estimado que apenas 40% dos japoneses tomaram a primeira dose e não há nem 30% de totalmente imunizados.

O aumento de casos de Covid-19 no Japão já estava ocorrendo antes do começo das Olimpíadas. Na última sexta-feira, o governo japonês colocou outras quatro regiões do país em estado de emergência, situação na qual a capital está desde julho.

Você viu?

Apesar disso, o estado de emergência é uma medida bastante branda quando comparada com a de outros países. Apenas restringindo o número de pessoas em bares e restaurantes e recomendando o trabalho à distância.

Inicialmente, os Jogos Olímpicos de Tóquio deveriam acontecer no meio do ano passado, mas por conta do estado da pandemia no mundo naquela ocasião, o evento acabou sendo adiado em cerca de um ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários