Vacina AstraZeneca produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)
Reprodução: Agência Brasil
Vacina AstraZeneca produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)


A cidade de São Paulo enfrentou hoje escassez de doses de vacinapara segunda dose contra a Covid-19 em diversos pontos da cidade. Às 15h, 51%dos 553 pontos de vacinação da capital paulista não dispunham do imunizanteAstrazeneca para a segunda aplicação, segundo levantamento do O GLOBO.

Vale ressalatr que, à noite, o governo de São Paulo acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) contra o Ministério da Saúde pela falta de entrega de vacinas de outra fabricante, a Pfizer,  como parte do plano de imunização da poupulação em relação à Covid-19. A informação é da Folha de S. Paulo. 

Você viu?

Ao meio-dia, a situação era ainda mais grave e 88% dos locais de vacinaçãoda cidade estavam sem doses da Astrazeneca, segundo o G1. A situação dificultoua vida dos paulistas que buscavam completar o esquema vacinal com o imunizante.Das 11,9 milhões de doses aplicadas na cidade desde o início da campanha, 38,8%foram doses de Astrazeneca, sendo 3,3 milhões em primeira dose e 1,2 milhão emsegunda, segundo a Secretaria de Saúde da cidade.


Entre as 14h40 e 16h, dados da plataforma De Olho na Vacina indicavam que asituação começava a se normalizar, mas ainda faltava Astrazeneca em cerca demetade dos pontos da cidade, inclusive nos drive thrus, mega postos e postosvolantes. Em 77 deles (14%), a vacina CoronaVac não estava disponível para asegunda dose. Em 36 pontos (6,5%) também não era possível tomar a segunda doseda

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários