Bebês nascem com anticorpos contra a Covid-19
Reprodução/ YouTube
Bebês nascem com anticorpos contra a Covid-19

236 bebês que nasceram com anticorpos para a Covid-19 foram identificados por uma pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O sangue foi coletado entre os dias 19 de abril e 16 de agosto, através do teste do pezinho.

"A presença dos anticorpos confirma que eles foram expostos à infecção durante a gestação. Por outro lado, a gente não sabe que tipo de repercussão a longo prazo isso pode ter no desenvolvimento deles", explicou a professora Cláudia Lindgren, do Departamento de Pediatria da UFMG, ao G1. Segundo ela, o objetivo do trabalho é acompanhar o impacto da Covid-19 no desenvolvimento infantil.

De acordo com o estudo, metade dos bebês que nascem com anticorpos para a doença os mantém após três meses. "A novidade que temos no momento é o resultado dos testes sorológicos realizados aos 2 meses. Cerca de 50% dos bebes reagentes ao nascimento ainda tinham anticorpos contra o coronavírus 2 a 3 meses após o parto", disse.

A confirmação da presença de anticorpos não garante que os bebês são imunes ao novo coronavírus (Sars-Cov-2). A pesquisadora afirma que o objetivo é acompanhar o desenvolvimento das crianças pelos próximos dois anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários