Vacinação em SP: doses da Astrazeneca estão em falta
Governo de SP
Vacinação em SP: doses da Astrazeneca estão em falta

A quinta-feira foi difícil para quem tentou tomar a 2º dose da  vacina da Astrazeneca na Capital. Das 550 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) em funcionamento nesta quinta-feira, apenas 43 ofereciam o imunizante durante a tarde. No fim do expediente, esse número caiu ainda mais - às 17h, apenas 20 postos estavam abastecidos.

Apesar da previsão de receber 254.556 doses da Pfizer e 128.510 da Coronavac ainda hoje, a Prefeitura informou que não tem previsão de recebimento das vacinas que estão em falta. "Em relação a AstraZeneca, a SMS aguarda a entrega pelo Ministério da Saúde", informou a gestão municipal, em nota.

A Secretaria tenta remanejar doses de uma região para outra para tentar contornar o problema enquanto a situação se agrava. "Para garantir a vacinação nos territórios e resolver eventuais desabastecimentos por conta da alta procura em algumas regiões, a SMS realiza o remanejamento entre as unidades do município". Às 13h30 de hoje, apenas 6,2 mil doses estavam disponíveis para aplicação.

A pasta diz que a situação se deve "à alta adesão por parte da população, nestes últimos dias, com aplicação de mais de 200 mil doses da vacina antiCovid".

Para o Governo do Estado, o Ministério da Saúde causou um "apagão" na vacinação de São Paulo. "O Ministério da Saúde do Governo Federal deixou de enviar cerca de 1 milhão de vacinas de dose 2 da Astrazeneca para São Paulo, provocando um verdadeiro apagão de vacinas nos 645 municípios do estado. O prazo de aplicação destas doses começou a vencer no dia 4 de setembro", disse, em nota.

O Ministério, no entanto, rebate a afirmação. "Até o momento foram entregues ao estado 12,4 milhões de dose 1 e 9,2 milhões de dose 2 da AstraZeneca. As 2,8 milhões de doses não foram enviadas porque o prazo de intervalo entre a primeira e segunda dose só se dará no final do mês".

Você viu?

A pasta diz que o estado utilizou como primeira dose vacinas destinadas à segunda dose. “O estado aplicou 13,99 milhões de dose 1 e 6,67 milhões de dose 2. As alterações nas recomendações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) acarretam na falta de doses para completar o esquema vacinal na população brasileira”, acrescentou.

Até esta quinta-feira (9), a capital aplicou 15.614.297 doses, sendo 9.932.794 primeiras doses, 5.343.022 segundas doses, 321.709 doses únicas e 16.772 doses adicionais. A cobertura vacinal para população acima de 18 anos está em 104,9% para primeira dose ou dose única e 61,4% para segunda dose ou dose única.

Em adolescentes de 12 a 17 anos foram aplicadas até o momento 572.039 primeiras doses, com cobertura vacinal de 67,8%.

Como consultar

O cidadão pode verificar a listagem dos postos de saúde no site 'De Olho Na Fila', da Prefeitura de São Paulo. Nele, informações como o endereço, horário de funcionamento e tamanho da fila estão disponíveis, e são atualizados durante todo o dia. O site informa também qual vacina está disponível para 2º dose nos locais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários