Crusoé: a única via de Doria e o risco da ‘cristianização’
O Antagonista
Crusoé: a única via de Doria e o risco da ‘cristianização’

O governador João Doria (PSDB-SP) afirmou que entrou em contato com David Hodge, cônsul dos Estados Unidos em São Paulo, para questionar se a brasileiros vacinados com a Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e fabricada também no Brasil, poderão entrar no país a partir de novembro.

Ontem, o presidente Joe Biden anunciou que revogaria as medidas restritivas a turistas em decorrência da pandemia, autorizando visitantes de todos os países a entrarem no país.

Ao portal Metrópoles, Dória comentou que perguntou quais vacinas seriam aceitas, mas Hodge não entrou em detalhes, e teria respondido que o governo dos Estados Unidos deve apresentar ainda nesta quarta-feira (22) os detalhes para brasileiros vacinados.

Para receber a permissão de entrada nos Estados Unidos, o turista precisa estar imunizado com as duas doses da vacina ou ter recebido a vacina de dose única, apresentar o comprovante de vacinação e apresentar teste negativo para covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários