Washington Reis, prefeito de Duque de Caxias
Reprodução/redes sociais
Washington Reis, prefeito de Duque de Caxias

Por meio de um decreto, o prefeito Washington Reis, de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ), retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras contra  covid-19 na cidade. A nova diretriz foi estabelecida considerando "o alto número de pessoas vacinadas contra o novo coronavírus no município", aponta o documento, publicado no início da noite. 

"Fica desobrigado o uso de máscara facial no período da pandemia do COVID-19, em local aberto ou fechado, em todo o território do Município de Duque de Caxias", diz o decreto. 

Segundo a CNN Brasil, o Reis afirmou que "ninguém usa" máscaras em Duque de Caxias, e que a questão "virou uma bagunça". Questionado se a medida foi embasada por algum comitê médico ou científico, ele disse à reportagem que "basta saber um pouco de matemática para tomar uma decisão como essa".

A regra não vale para quem está com suspeita de covid-19, contaminadas ou então em período de transmissão. De acordo com a prefeitura, Duque de Caxias já aplicou mais de 900 mil doses da vacina contra o coronavírus. Mais de 70% da população elegível tomou a primeira dose; 46% já estão com as duas doses da imunização.

Mesmo com o nível de vacinação subindo, infectologistas e sanitaristas continuam recomendando o uso de máscaras contra a covid-19, para evitar que o vírus continue circulando a atingindo os mais vulneráveis.

Vale lembrar que alguns países que suspenderam o uso obrigatório das máscaras, como Estados Unidos e Israel, voltaram atrás na decisão ao notarem o aumento dos índices causado pela variante delta - mais transmissível que as cepas anteriores do vírus.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários