Congo confirma novos casos de ebola
Divulgação/ Comitê Internacional da Cruz Vermelha
Congo confirma novos casos de ebola

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está investigando o reaparecimento da Ebola. O caso de um menino de três anos que foi internado e morreu no último dia 6 de outubro acendeu a luz de alerta da organização.

Na noite de sexta-feira, o ministro da Saúde da República Democrática do Congo se pronunciou, informando que a criança era residente de Butsili, em Beni, norte da província de Kivu.

Matshidiso Moet, diretor da OMS para a África, afirmou que a agência "está apoiando as autoridades de saúde na investigação do novo caso de ebola".

Segundo Moet, casos esporádicos não são incomuns após um grande surto. "No entanto, é muito cedo para dizer que este caso está relacionado a surtos anteriores", disse.

Leia Também

As equipes de saúde estão trabalhando para rastrear o caso, e listar os contatos da criança até a data, além de descontaminar os centros de saúde.

"Graças à experiência adquirida na gestão do vírus ebola em epidemias anteriores, temos a certeza de que as equipes de resposta da província, apoiadas pela administração central, serão capazes de controlar esta epidemia o mais rapidamente possível", completou.

No dia 3 de maio, o governo congolês declarou o fim do décimo segundo surto de ebola no país. Cerca de 12 pessoas se contaminaram e seis morreram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários