Covid-19: Rio cria nova classificação e põe todas as regiões com 'risco baixo'
Reprodução: Google/licenciáveis
Covid-19: Rio cria nova classificação e põe todas as regiões com 'risco baixo'

Prefeitura do Rio criou um novo nível de classificação de risco da Covid-19 para descrever a atual situação epidemiológica da cidade: baixo. De acordo com o 43° boletim epidemiológico do município, onde a novidade foi apresentada, todas as 33 Regiões Administrativas (RAs) se encontram nesse nível.

"Essa nova classificação se baseia na última reunião do comitê científico, onde foi sugerida essa mudança. Nossa classificação anterior apontava risco moderado em toda a cidade, mas o nível baixo reflete melhor a realidade", explica o subsecretário de Vigilância em Saúde, Márcio Henrique Garcia, durante a divulgação da nova edição do boletim, nesta sexta-feira.

Nesta quinta, o mapa de risco estadual pela primeira vez apresentou municípios com classificação "muito baixa". Um deles é o Rio de Janeiro.

"Essa classificação está alinhada com o mapa de risco do estado, que traz risco baixo para todo o estado e muito baixo para a capital e outras cidades da Região Metropolitana", afirmou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Leia Também

"Não imaginávamos que teríamos um risco tão baixo como temos agora. Por isso, no nosso boletim, criamos a categoria de risco baixo".

Leia Também

Na cidade do Rio, os principais indicadores da pandemia seguem em queda, aponta o boletim. Os índices de casos, internações, atendimentos e óbitos estão caindo há cerca de dois meses.

"Tivemos uma redução importante no número de casos graves entre os atendimentos na rede", diz Márcio Garcia. "Também tivemos uma drástica no número de novas internações. Na semana passada, chegamos ao menor número de internações por semana desde o início da pandemia, em 2020".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários