Vacina Janssen
Reprodução: getty images
Vacina Janssen

O Ministério da Saúde adotará a segunda dose para a vacina da Janssen, anunciada como dose única. Aqueles que tiverem recebido a primeira tomará a segunda após dois meses. A dose de reforço, preferencialmente com Pfizer, virá cinco meses depois, como anunciado em entrevista à imprensa nesta terça-feira.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que ampliará a dose de reforço a toda a população adulta, isto é, a partir de 18 anos. Antes, a medida era autorizada para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde. O intervalo, que antes era de seis meses para os três grupos, cairá para cinco para todo o público-alvo.

A dose de reforço será, preferencialmente, da Pfizer. Na falta dela, a dose será da Janssen ou AstraZeneca. A decisão se baseia nos resultados de estudo da Universidade de Oxford, encomendado pela pasta, que mostra que a vacinação heteróloga, isto é, com imunizantes de laboratórios diferentes, aumenta a resposta imune.

A pasta estima que, a partir de agora, 100 milhões de pessoas estarão aptas a recebê-la, sendo que 12,4 milhões em novembro, 2,9 milhões em dezembro, 12,4 milhões em janeiro, 21,5 milhões em fevereiro, 29,6 milhões, 19,6 milhões em abril e 4,3 milhões em maio. Segundo a pasta, 10.751.598 pessoas já receberam a dose de reforço até o momento.

Drop here!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários