Variante Ômicron: Cientistas descobrem versão mais difícil de detectar
tawatchai07 / Freepik
Variante Ômicron: Cientistas descobrem versão mais difícil de detectar

A Austrália encontrou uma nova linhagem da  variante ômicron em um viajante que chegou da África do Sul nesta quarta-feira (8). Essa nova linhagem tem cerca de metade das variações genéticas da ômicron original e não pode ser detectada com exames típicos, informou o departamento de saúde australiano.

A nova linhagem tem dados suficientes "para poder classificá-la como ômicron, mas não sabemos o suficiente sobre o que isso significa no que diz respeito à gravidade clínica e à eficácia da vacina", afirmou Peter Aitken, chefe de saúde interino. "Agora temos a variante ômicron e uma cepa semelhante à ômicron", completou.

A nova linhagem tem cerca de metade das mutações do genoma da variante ômicron original e não tem um recurso no gene S que torna mais difícil rastrear por meio de testes PCR. A descoberta "vai levar a progressos nas pessoas reconhecendo o potencial de espalhamento da ômicron em todas as comunidades”, acrescentou Aitken.

A descoberta pode significar um revés para os cientistas que correm para entender o impacto da variante ômicron, incluindo o fato dela ser ou não mais contagiosa e como ela se comporta com as vacinas já disponíveis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários