Dados de brasileiros vacinados foram recuperados, diz Ministério
Divulgação: Prefeitura de Natal
Dados de brasileiros vacinados foram recuperados, diz Ministério

O Ministério da Saúde afirmou neste domingo, em nota, que os dados de brasileiros vacinados contra a Covid-19 foram recuperados. Na madrugada de sexta-feira, diversas plataformas integradas ao  Sistema Único de Saúde (SUS) saíram do ar em decorrência de um ataque hacker. Na tarde deste domingo os sistemas completaram 60 horas fora do ar sem previsão de retorno.

Sistemas como o ConecteSUS, que serve como certificado digital de imunização, continuam indisponíveis à população. Em algumas capitais, é exigido que a pessoa apresente o comprovante para frequentar espaços, como academia, clubes e shows.

“O Ministério da Saúde informa que o processo para recuperação dos registros dos brasileiros vacinados contra a Covid-19 foi finalizado, sem perda de informações. Todos os dados foram recuperados com sucesso”, diz o comunicado da pasta.

O governo também registra que, no momento, “a pasta trabalha para restabelecer o mais rápido possível os sistemas para registro e emissão dos certificados de vacinação”.

Leia Também

Além do ConecteSUS, a plataforma e-SUS e o próprio site oficial do Ministério da Saúde foram alvos de ataques cibernéticos. Ao acessar os sistemas, os usuários encontravam uma mensagem informando que os dados foram copiados e excluídos.

Leia Também

Os primeiros relatos de que os sistemas estavam fora do ar aconteceram nas primeiras horas da madrugada de sexta-feira (10). Deste então, uma força-tarefa de técnicos e engenheiros da computação tenta recuperar todos os dados e colocar as plataformas de volta no ar. Uma das ferramentas que mais têm gerado transtornos, por ficar tanto tempo fora do ar, é ConecteSUS. O aplicativo é responsável pela emissão do Certificado Nacional de Vacinação da Covid-19, exigido para acessar locais públicos.

Quem acessa o site do Ministério da Saúde se depara com um aviso, contendo orientações para emissão temporária do comprovante de vacinação COVID-19. Para os brasileiros que estão no país, a pasta recomenda que os usuários procurem o posto de vacinação onde a primeira ou segunda dose da vacina Covid-19 foi aplicada e, dessa forma, solicitem a emissão da segunda via da Carteira Nacional de Vacinação.

Alguns estados e municípios possuem aplicativos próprios para emissão do Certificado de Vacinação digital. Para os brasileiros que estão com viagens para o exterior marcadas para os próximos dias, o Ministério da Saúde diz que está “trabalhando em todas as frentes para que todos os brasileiros consigam viajar em segurança”. “O Ministério das Relações Exteriores enviará comunicado aos países que receberão voos oriundos do Brasil informando sobre a indisponibilidade temporária do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 em formato digital e que a Carteira Nacional de Vacinação no formato físico poderá ser um dos documentos utilizados para comprovação de imunização”, afirma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários