Imagem de microscópio da variante Ômicron
Reprodução/ Universidade de Hong Kong
Imagem de microscópio da variante Ômicron

Um estudo feito por pesquisadores do Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis (NICD), indica que a  variante Ômicron da  Covid-19 é menos agressiva do que a Delta. Além disso, as chances de hospitalização com a Ômicron é 70% menor em relação a Delta.

Em comparação com as demais cepas, como a Gama, Alfa e Beta o percentual  de quem está infectado com a Ômicron é de 80% de chance de não ser hospitalizado.

O levantamento foi feito com base na comparação e na evolução de 161.328 casos da doença registrados na África do Sul entre 1° de outubro e 6 de dezembro deste ano.

"Na África do Sul, esta é a epidemiologia: a ômicron está se comportando de uma forma menos severa", disse a professora Cheryl Cohen, do Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis.

Leia Também

Segundo o estudo, a menor agressividade da Ômicron pode estar relacionada ao avanço da vacinação na população, livrando que as pessoas que foram infectadas desenvolvam sintomas graves.

"Parte dessa redução é provavelmente resultado da alta imunidade da população", apontam os pesquisadores.

A análise foi publicada pela plataforma Medrxiv como pré-print, ou seja, ainda aguarda revisão dos pares.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários