SP: Prefeitura repõe itens de Saúde que estavam com estoque crítico
Reprodução: iG Minas Gerais
SP: Prefeitura repõe itens de Saúde que estavam com estoque crítico

Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo foi autorizada - durante o mês de dezembro - a realizar uma compra suplementar de mais de R$ 116 milhões para a compra de medicamentos e insumos. O intuito é repor as aquisições dos principais itens que estavam com estoques críticos na cidade.

Com parte desses recursos, foram adquiridos 867,5 milhões de unidades de medicamentos, 5,6 milhões de fraldas e 25 milhões de tiras glicêmicas, entre mais de 100 itens diferentes, que estão disponíveis para a população na rede municipal.

De janeiro a 19 de dezembro deste ano foram recebidas mais de 29 milhões de receitas, de 25 milhões de atendimentos a pacientes através da assistência farmacêutica da Atenção Básica.

Em decorrência dessas prescrições, houve a distribuição de mais de 2,1 bilhões de unidades de medicamentos na rede municipal. Isso equivale a 6 milhões de pilulas por dia.


Neste mês, a secretaria montou uma logística adicional para o reabastecimento dos mais de mil equipamentos de saúde em toda a cidade, a partir do seu centro de distribuição, para que seja regularizada a dispensação nas unidades.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários