Voos foram cancelados em todo mundo por causa da variante Ômicron
Pixabay
Voos foram cancelados em todo mundo por causa da variante Ômicron

Mais de 7 mil voos foram cancelados em todo mundo durante o feriado de Natal em todo mundo por causa do crescente número de casos de covid-19 causados pela variante ômicron.

As tripulações das companhias foram fortemente afetadas, já que pilotos e trabalhadores expostos ao vírus começaram a cumprir quarentena. Lufthansa, Delta e United Airlines informaram diversos cancelamentos, de acordo com a agência AFP.

Segundo um levantamento do site Flightradar, foram mais de 2 mil cancelamentos apenas deste domingo - cerca de 570 envolvendo viagens internacionais ou domésticas nos Estados Unidos. Outros 2,8 mil foram registrados no sábado, 970 nos EUA. Na sexta-feira (24) o número se aproximou dos 2,4 mil. Outros 11 mil foram adiados, aponta a ferramenta.

"O pico de casos de ômicron em todo país esta semana teve um impacto direto nas nossas tripulações e nas pessoas que dirigem nossas operações", disse a United Airlines, que não realizou cerca de 10% das viagens programadas.

As condições climáticas em parte dos Estados Unidos contribuíram para o caos aéreo. Em alguns estados, meteorologistas preveem tempestades de neves e condições de frio consideradas "anormais".

Com relação às companhias chinesas, a China Eastern cancelou 540 voos - mais 25% do que estava programado; a Air China, 267, 25% das decolagens previstas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários