A infecção ocorreu em um hospital público de Recife - Imagem Ilustrativa
Reprodução/Pixabay
A infecção ocorreu em um hospital público de Recife - Imagem Ilustrativa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou o terceiro caso de infecção pelo fungo Candida auris no Brasil. A contaminação foi confirmada na terça-feira (11/1), mas só foi divulgada pela somente nesta quarta-feira (12/1). A infecção ocorreu em um hospital público de Recife.

É o terceiro caso de Candida auris no país. Em dezembro do ano passado, o fungo foi identificado em Salvador em dois idosos, um de 59 e outro de 88 anos.

“Ainda há outro caso suspeito, que está em investigação laboratorial”, informou a Anvisa.

Desde a identificação do caso suspeito, o hospital estabeleceu medidas de precaução e adotou ações para prevenção e controle do surto.

“Os laboratórios de microbiologia devem intensificar a vigilância laboratorial para a identificação do fungo Candida auris”, orienta a Anvisa.

Leia Também

O superfungo pode ser resistente aos remédios. Ele pode causar infecção de corrente sanguínea e outras infecções invasivas, podendo ser fatal, principalmente em pacientes imunodeprimidos ou com comorbidades. Os sintomas são febre, alteração da pressão arterial, dificuldade para respirar e aceleração do ritmo cardíaco.

Segundo a Anvisa, existe a “propensão [do fungo] causar surtos em decorrência da dificuldade de identificação oportuna pelos métodos laboratoriais rotineiros e de sua difícil eliminação do ambiente contaminado.”

Durante a infecção, o corpo libera substâncias inflamatórias para combatê-lo. Em grande parte dos casos, a resposta é exagerada, causando danos em diferentes órgãos, podendo matar o paciente.

As informações são do jornal Metrópoles

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários