Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), em São Gonçalo, é uma das unidades estaduais da rede
Reprodução
Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), em São Gonçalo, é uma das unidades estaduais da rede

A Secretaria Estadual de Saúde anunciou nesta terça-feira (18/1) a suspensão temporária das visitas aos pacientes internados na rede estadual. A decisão foi motivada pelo avanço da variante Ômicron, com o objetivo de tentar combater a disseminação do vírus nos hospitais. A pasta não deu prazo para o fim da proibição, mas afirmou que os acompanhantes foram avisados com antecedência.

A suspensão das visitas não atinge os pacientes de extrema gravidade ou vulnerabilidade, como aqueles internados com incapacidade psicológica, motora, ou intelectual. Nesses casos, após autorização da gestão da unidade de saúde, as visitas estarão autorizadas duas vezes por semana. Crianças, idosos e deficientes físicos, que por lei têm direito a acompanhantes, também continuarão com o benefício. No momento da entrada na unidade de saúde, os visitantes deverão assinar um termo dizendo que estão assintomáticos.

Nos casos em que as visitas não serão permitidas, uma espécie de 'visita virtual', através de chamada de vídeo, será liberada duas vezes por semana.

Na semana passada, as redes de saúde do estado e do município suspenderam por 30 dias a realização de cirurgias eletivas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários