O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga
Valter Campanato/Agência Brasil
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga


Enquanto laboratórios e hospitais apontam escassez de testes de Covid-19, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, negou a falta de exames e disse que há uma "narrativa" em torno do assunto.


"A dificuldade de testagem é, sobretudo, no setor primário. O interessante é que depois que o Ministério da Saúde anunciou ser favorável à venda do chamado autoteste nas farmácias, aí começa essa narrativa de que está faltando testes. Os testes existem", rebateu Queiroga, ao falar com jornalistas em Recife, nesta terça-feira (18).


A declaração foi repercutida pelo jornal O Globo, que aponta que unidades de saúde já suspenderam a realização de testes para pacientes com quadros leves, a fim de garantir o insumo para os pacientes com quadros graves.


Em meio a isso, cresce no Brasil a discussão sobre a liberação dos autotestes de Covid , populares nos Estados Unidos e em países da Europa. Atualmente, o exame é proibido no Brasil por uma regulação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas na semana passada o ministério solicitou a autorização .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários