Vírus da Ômicron - Imagem Ilustrativa
tawatchai07/Freepik
Vírus da Ômicron - Imagem Ilustrativa

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou nesta quinta-feira (27/1) a pílula da Pfizer contra a covid-19, a Paxlovid. Esse é o primeiro tratamento oral contra o coronavírus autorizado na União Europeia.

Estados Unidos, Canadá e Israel são países que já autorizou o tratamento pela pílula da Pfizer.

A EMA aconselhou a autorização do Paxlovid para o tratamento da covid-19 em adultos que não necessitam de suporte respiratório, mas que correm risco de agravamento da doença.

"O Comitê de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) da EMA recomendou a concessão de uma autorização condicional de comercialização para o medicamento antiviral oral Paxlovid", declarou o regulador europeu em um comunicado.

Leia Também

Segundo o comitê, os benefícios do medicamento são maiores que seus riscos. A EMA enviará suas recomendações à Comissão Europeia.

"Com a autorização do Paxlovid esta semana, foram autorizados 6 medicamentos contra o coronavírus no marco da estratégica terapêutica da União Europeia", disse em outro comunicado a comissária europeia de Saúde e Segurança Alimentar, Stella Kyriakides.

A Pfizer declarou em dezembro que a pílula reduz em quase 90% as hospitalizações e mortes de pessoas em risco quando tomada nos primeiros dias após o início dos sintomas, de acordo com estudos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários