Teste de antígeno para detecção da Covid-19
Reprodução/ ANS
Teste de antígeno para detecção da Covid-19

Mais dois autotestes de Covid-19 ganharam aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com a decisão, o Brasil passa a ter seis modelos autorizados para venda. A resolução foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira.

Ambos os exames caseiros utilizam a técnica do swab nasal. Um deles, fabricado na China, deve ser comercializado pela Biosul Produtos Diagnósticos com um autoteste com embalagem. Já o segundo, produzido na Coreia do Sul, deve ser colocado à venda pela Kovalent, com dois ou cinco unidades por pacote.

O painel de pedidos de registro da Anvisa mostra que a agência já recebeu 81 solicitações até esta quarta-feira. Além dos seis aprovados, dois estão sob avaliação. Técnicos já analisaram outros seis, que devem ter os resultados divulgados nos próximos dias. Ao todo, 13 foram negados.

Segundo a Anvisa, os requisitos são segurança, desempenho e atendimento quanto aos critérios. A usabilidade ganha atenção especial, já que a avaliação é de que recomendações de uso de forma simples ajudam o público leigo a fazer o teste em casa. O resultado deve ficar pronto em 15 minutos.

A Anvisa autorizou a venda em farmácias e em drogarias em 28 de janeiro. Para o produto chegar ao consumidor final, não basta a aprovação para o produto: é preciso que as empresas obtenham o registro na agência.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários