Micrografia eletrônica de varredura de uma célula infectada com uma cepa variante das partículas do vírus SARS-CoV-2
NIAD
Micrografia eletrônica de varredura de uma célula infectada com uma cepa variante das partículas do vírus SARS-CoV-2

O Brasil ultrapassou nesta quinta-feira (7), a casa dos 30 milhões de infecções por covid-19 desde a chegada da pandemia ao país, em março de 2020.

Nas últimas 24 horas, o país contabilizou 26.502 novos registros, elevando o total para 30.093.751; e 250 mortes - ao todo, já são 660.973 vidas perdidas para a doença.

O Rio Grande do Norte apresentou um aumento nas estatísticas, que segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), se deve à "inclusão de casos e óbitos represados em investigação".

A média móvel de casos ficou em 20.837. O número é 19% menor que os 25.745 registrados na última quinta-feira (31). Essa é a menor média desde 6 de janeiro deste ano.

Nesse mesmo período, o número de óbitos na média móvel apresentou queda de 15,9%, e foi de 207 para 174, o menor número desde 17 de janeiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários