Pfizer faz recall de remédio por presença de substância cancerígena
Reprodução
Pfizer faz recall de remédio por presença de substância cancerígena

A Pfizer anunciou o recolhimento voluntário e preventivo de cinco lotes do medicamento para hipertensão Accupril (quinapril) depois de encontrar níveis elevados de nitrosamina, um potencial agente causador de câncer. Os lotes recolhidos foram distribuídos nos Estados Unidos e Porto Rico entre dezembro de 2019 e abril de 2022.

O medicamento já foi comercializado no Brasil, mas, de acordo com a farmacêutica, não é mais. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou ao GLOBO que não há registro válido para este medicamentos no país desde 2015.

As nitrosaminas são comuns na água e nos alimentos, mas a exposição acima dos níveis aceitáveis por longos períodos de tempo pode aumentar o risco de câncer. A Pfizer disse que não há risco imediato para os pacientes que tomam esse medicamento. Até o momento, não houve relato de eventos adversos relacionados aos lotes recolhidos.

Na semana passada, a Pfizer Canadá também retirou todos os lotes de três doses de Accupril depois de descobrir que a mesma impureza estava acima dos níveis aceitáveis.

Em março, a Pfizer retirou alguns lotes de outro medicamento para pressão arterial, o Accuretic, e duas versões mais baratas autorizadas devido à presença do possível agente cancerígeno.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários