Operação inédita transplantou coração de porco geneticamente modificado para um homem nos EUA
Reprodução
Operação inédita transplantou coração de porco geneticamente modificado para um homem nos EUA

coração de porco transplantado para um paciente americano no início deste ano estava contaminado com vírus suíno, o porcine cytomegalovirus. O órgão foi geneticamente modificado para que pudesse funcionar no corpo humano.

O paciente David Bennett, de 57 anos, morreu em março deste ano meses após realizar o procedimento. De acordo com informações publicadas pela MIT Technology Review, o cirurgião responsável pelo procedimento, Bartley Griffith, acredita que o vírus tenha contribuído para o falecimento. 

No dia da morte de Bennett , o Centro Médico da Universidade de Maryland informou que "antes de consentir em receber o transplante, o Sr. Bennett foi totalmente informado dos riscos do procedimento, e que o procedimento era experimental com riscos e benefícios desconhecidos". 

O transplante era a única alternativa para o paciente após ter sido considerado inelegível para um transplante de coração convencional. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários