Surto de hepatite aguda acontece em 20 países
Reprodução: pexels - 03/05/2022
Surto de hepatite aguda acontece em 20 países

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta terça-feira, em Genebra, que há 348 casos suspeitos de  hepatite aguda registrados em crianças de todo o mundo. A origem, segundo o órgão da ONU, ainda é desconhecida.

A OMS informou que os casos foram registrados em 20 países. No Brasil, há 16 supostos casos de 'hepatite misteriosa' sob investigação. O Ministério da Saúde orienta que os casos sejam notificados de imediato.

O estado de São Paulo acumula a maior parte, com seis registros, seguido pelo Rio de Janeiro, com cinco. Depois, aparece o Paraná, com dois casos monitorados. Espírito Santo, Pernambuco e Santa Catarina têm um caso cada.

Entre os sintomas, as crianças apresentam náusea, vômito, icterícia (pele e olhos amarelados), febre, dor abdominal, dores musculares entre outros. A chamada "hepatite misteriosa" foi identificada pela primeira vez no Reino Unido, no mês passado. Desde então, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) já identificou mais de 200 casos em todo o mundo.

"Os Centros de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) e a Rede Nacional de Vigilância Hospitalar (Renaveh) monitoram qualquer alteração do perfil epidemiológico, bem como casos suspeitos da doença", afirma o Ministério da Saúde.

Como O GLOBO mostrou, o primeiro caso possível da doença foi notificado em Niterói em uma criança de três anos. Um dos pacientes cujo caso está sob investigação teve de realizar um transplante de fígado. A doença é causada por uma inflamação no fígado.

Até o momento, no entanto, não se sabe o que origina a inflamação uma vez que não os vírus causadores das hepatites A, B, C, D ou E não foram encontrados nas amostras. A suspeita é que a hepatite misteriosa seja originada por um adenovírus.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários