Vírus da varíola dos macacos
Foto: Centro de Controle de Doenças/Divulgação - 20/05/2022
Vírus da varíola dos macacos


Os Estados Unidos registraram, neste fim de semana, o primeiro caso de uma mulher grávida diagnosticada com varíola dos macacos

A paciente deu à luz um bebê que nasceu com segurança, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do país. A identificação e a localização da mulher e da criança não foram divulgadas.

A informação foi confirmada pelo diretor da divisão de prevenção da aids no CDC, John Brooks. O médico afirmou, durante um webinar, no sábado, que "houve um caso de uma mulher grávida que deu à luz".

“Sabemos que uma infecção pode ocorrer através da transferência placentária. E no caso que conhecemos atualmente, não parece que o vírus tenha sido transmitido”, disse Brooks, durante a apresentação para a Infectious Diseases Society of America no fim de semana.


Brooks disse ainda que o bebê parece não ter contraído a doença da mãe durante a gravidez. Segundo a rede de televisão CBS, o recém-nascido recebeu uma infusão de imunoglobulina, um tratamento com anticorpos usado durante surtos de varíola.

“Aquele recém-nascido recebeu o IG profilaticamente. E tanto a mãe quanto o bebê estão bem”, disse o médico Brett Petersen, do CDC, no webinar.

* Com informações de agências internacionais

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários