Governo dos Estados Unidos declarou a varíola dos macacos como emergência nacional
Reprodução/Twitter @POTUS
Governo dos Estados Unidos declarou a varíola dos macacos como emergência nacional

Em meio ao crescente número de casos, o governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, declarou a varíola dos macacos como uma emergência de saúde pública no país, na tarde desta quinta-feira (4).

A declaração foi feita pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA e ocorre pouco menos de duas semanas após a Organização Mundial da Saúde (OMS) designar a doença como uma emergência de saúde pública internacional , o nível máximo de alerta do órgão.

Com a declaração, o departamento pode tomar uma série de ações, incluindo o acesso a fundos reservados para emergências e a nomeação de pessoas para cargos que respondam diretamente ao surto. O número de casos confirmados ou suspeitos da doença ultrapassou 6.600, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças.

"Estamos preparados para levar nossa resposta ao próximo nível", disse o secretário de Saúde Xavier Becerra, em entrevista à ABC News . "E peço a cada americano que leve a varíola a sério."

Uma declaração de emergência de saúde pública tem duração de 90 dias, mas a situação pode ser prorrogada. Nos últimos 15 anos, houve apenas quatro emergências nacionais de saúde pública declaradas no país.

Na semana passada, o estado de Nova York se tornou o primeiro a declarar a varíola dos macacos como uma emergência . Depois, Illinois e Califórnia também declararam o mesmo , com os dois estados relatando centenas de casos registrados da doença.

Com isso, houve um aumento na pressão sobre o governo federal para que a varíola dos macacos fosse considerada uma emergência de saúde pública em todo o país.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários