Trata-se de um navio cargueiro, vindo do Chipre. Anteriormente, esteve na Argentina
Divulgação
Trata-se de um navio cargueiro, vindo do Chipre. Anteriormente, esteve na Argentina

Um navio que vinha do Chipre foi barrado no Porto de Santos (SP) por suspeita de que tripulantes estão com a varíola dos macacos. Trata-se de um navio cargueiro, com nome de registro “MV Captain John P”. A situação foi constatada antes da autorização para atracar.

“A embarcação encontra-se na área de fundeio, não estando, neste momento, autorizada a atracar ou operar por parte da Anvisa ( Agência Nacional de Vigilância Sanitária )”, disse a SPA (Santos Port Authority), empresa responsável pela infraestrutura do Porto de Santos , em nota.

Daqui para frente, a equipe do porto que está encarregada de cuidar do caso disse que irá seguir as orientações da Anvisa, para, assim, proceder com as medidas cabíveis. Antes de chegar à costa brasileira, o navio estava atracado no porto de San Lorenzo, na Argentina.

Resta saber se já traziam a doença antes da “escala” no país vizinho, ou se a tripulação contraiu lá mesmo. Os órgãos de saúde do Brasil (e do mundo) estão cautelosos com a disseminação da doença. Até o momento, uma morte pela varíola dos macacos foi confirmada no Brasil, em MG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários