Bruxismo
shutterstock
Bruxismo é um dos problemas mais comuns causados pelo estresse do isolamento

O isolamento social causado pela pandemia nos trouxe diversos problemas em nosso corpo e saúde bucal. Nossos hábitos mudaram. Nossa alimentação mudou e todos em casa comendo mais e com menos qualidade. Muitos deixamos de cuidar de nossas aparências e cuidados em geral. E isso se reflete na boca também.

A alta ingestão de açucares causou um enorme numero de cáries. Pessoas com medo de sair de casa que usam próteses acabam improvisando com colas caseiras para fixá-las. Aquela história de uma limpeza a cada 6 meses foi por água abaixo. E é aí que os problemas começam.

O alto nível de estresse e ansiedade de todos nós também acabou se refletindo em nossos dentes: o famoso bruxismo parece ter atacado de vez a  todos.

 O estresse tem sido o impulsionador do aumento de dentes desgastados, e ele geralmente surge à noite, quando as pessoas rangem os dentes. Durante o dia, quando a pessoa está totalmente consciente, é provável que ela decida relaxar ao se sentir tensa.

Mas, quando se estamos dormindo, esse mecanismo não é acionado e a resposta simpática, que faz os músculos se contraírem, assume o controle, o que causa uma certa tensão nos músculos. Os dentes pagam o preço por isso.

Outras circunstâncias estressantes, como perda de emprego, relacionamentos desfeitos, falta de dinheiro e o medo do que vem pela frente também aumentam o bruxismo.

Agora que as pessoas estão começando a sair de casa vejo em meu consultório um número triplicado de pessoas com desgastes dentais causados pelo apertamento dental, dentes fraturados, falta de higiene e muito mais.

Nós dentistas já somos treinados desde o início da faculdade e, por isso, sabemos como lidar com higiene de nosso consultório e de nossos materiais, porém agora aprendemos novas normas e cuidados redobrados para receber bem e atender o grande numero de pessoas com segurança.

Chegou a hora de se cuidar para enfrentar um novo mundo. E nossa autoestima pode ser o início dessa nova jornada.

O dentista não tem como fazer um atendimento home office, mas caso não queira sair de casa por ter algum sintoma de covid-19 ou por precaução, tenho certeza que a grande maioria tem um dentista “amigo” que pode ajudar e te orientar em qualquer desconforto bucal. É importante, porém, lembrar que a visita ao dentista é o que vai resolver seu problema.

    Veja Também

      Mostrar mais