Preenchimento labial
Foto: Sam Moqadam - Unsplash
Preenchimento labial

Quando observamos o rosto, os lábios são os verdadeiros protagonistas. São
capazes de expressar sensações e sentimentos, beleza, sensualidade, atratividade, e juventude.

Sua forma e seu tamanho são diferentes em relação às raças e culturas e que com os anos sofreram muitas mudanças quanto ao padrão de beleza, mas sempre como parte essencial do culto a estética.

Para o preenchimento dos lábios, devemos entender as características individuais de cada paciente, seus anseios e suas expectativas e entregar um resultado natural que mantenha o equilíbrio com a estética do sorriso.

As possibilidades de melhora da estética labial são inúmeras. Lábios finos podem tornar-se mais volumosos, lábios desproporcionais podem ficar equilibrados, assimetrias podem ser corrigidas, além da possibilidade de rejuvenescer lábios que tenham sofrido com o processo de envelhecimento.

Existem três tipos de sorriso:

1-Sorriso alto: linha labial alta conhecido como sorriso gengival, onde quando a pessoa sorri aparece a gengiva.

2-Sorriso médio: linha labial media em que 75 a 100% dos dentes superiores aparecem.

3-Sorriso baixo: linha labial baixa, que mostra menos de 75% dos dentes superiores.

Quando se aumenta a espessura labial após o preenchimento , a linha labial desce. Sendo assim, pacientes que apresentam a linha labial baixa podem não se beneficiar do preenchimento labial pois podem diminuir a exposição dos dentes.

Quanto maior a espessura do lábio superior, menor a exposição dos incisivos superiores.

Sobre o tamanho dos dentes:

-Pacientes com lábios finos, dentes pequenos são mais estéticos.

-Pacientes com lábios volumosos ,os dentes grandes.

Segundo a especialista Dra Marcela Puglisi a escolha de quantidade de material preenchedor é necessária avaliação do tamanho dos dentes no sorriso.

O material de escolha para o preenchimento labial é o ácido hialurônico, que é um material reversível,seguro, eficaz e com resultados desejados.

A anatomia labial é de fundamental importância para saber onde o preenchedor deve ser injetado.

São vários elementos que vão determinar o planejamento da escultura labial que mais se adapta à estética individual do sorriso de cada um.

Tipos de lábios

Os lábios são classificados como finos, médios ou grossos, de acordo com
espessura do vermelhão e também na sua extensão em curto ou longo.

Lábios curtos são favoráveis ao preenchimento devido à exposição dos dentes. Já os lábios longos podem ser considerados como fator decisivo para contraindicar o preenchimento labial, pois podem levar ao encobrimento dos dentes prejudicando a estética.

Após o planejamento é feita uma marcação, anestesia e colocação do material preenchedor, sempre respeitando as características individuais de cada um.



Está na dúvida? Procure um especialista para uma correta avaliação e indicação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários