Causas da apneia do sono
Reprodução/Shutterstock
Causas da apneia do sono

A apnéia do sono é um distúrbio do sono comum que afeta milhões de pessoas. Mais de 80% das pessoas que lutam com essa condição não sabem que a têm. A apnia faz com que a respiração pare (por até 10 segundos) e comece novamente durante o sono, e pessoas com apnéia do sono sofrem com ronco alto, sono agitado e consequentemente o cansaço diurno.

Principais causas da apneia do sono

Em adultos:  A principal causa da apneia do sono em adultos é a obesidade. Quando as pessoas têm excesso de peso, há um aumento na quantidade de tecidos moles ao redor da boca e da garganta. Enquanto dorme com a língua e os músculos da garganta relaxados, o excesso de tecido mole bloqueia parcialmente as vias aéreas, fazendo com que a respiração pare e comece involuntariamente.

Alguns fatores hereditários, como o uso de medicamentos, fumo e bebida em excesso, também podem causar apnéia do sono em adultos. Além disso, as mulheres grávidas e na pós-menopausa têm um risco aumentado de apneia do sono.

Em crianças:  Embora a condição seja mais comum nos adultos, também existem casos de crianças que lutam contra a apneia do sono. Em crianças, é causada principalmente por adenóides aumentadas, amígdalas ou mordidas proeminentes. Outras causas menos observadas incluem tumor nas vias aéreas, Síndrome de Down. A obesidade infantil também é conhecida por causar apnéia do sono, mas não é tão comum quanto a obesidade adulta.

Você viu?

Se não for tratada, a apnéia do sono pode causar graves problemas de saúde, como hipertensão, derrame, ritmo cardíaco anormal, ataque cardíaco e depressão.

Tratamento

A apneia do sono é uma doença multifatorial. Dependendo da causa assim vai ser o tratamento e eventualmente a cura.

A cirurgia ao nariz, a remoção de amígdalas e adenóides poderá ser um tratamento curativo em crianças e alguns adultos.

O tratamento deve ser efetuado de acordo com as causas, ou seja, após diagnóstico e conhecida a causa para a alteração do sono, devemos agir de modo a eliminar essa mesma causa. Compete sempre ao médico, especialista em doenças do sono, orientar o tratamento da doença. Até ao momento não existe nenhum medicamento ou remédio eficaz para o tratamento da apneia do sono.

Sergundo Dr Bruno Puglisi outra possibilidade de tratamento são as próteses bucais ou aparelhos intra-orais. São aparelhos ortodôntico ou dentários, uma espécie de “placa”, feita pelos dentistas para usar apenas durante o sono. Podem ser recomendadas como terapêutica alternativa a doentes que recusem o uso de CPAP ( ventilador com pressão positiva contínua da via aérea ) e que possuem uma apneia de leve a moderada, uma anatomia das vias aéreas superiores sem alterações significativas e que apresentem predilecção por este tratamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários