covid
shutterstock
O país ultrapassou a marca de 500 mil casos do novo coronavírus no último domingo (31)

O Brasil deve chegar a 1 milhão de casos de Covid-19 em pouco mais de duas semanas, indica uma plataforma estatística da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Ainda de acordo com o levantamento, o país alcançará as 50 mil mortes.

Com os atuais dados oficiais de novos casos, a projeção do Instituto de Informática da universidade gaúcha diz que as marcas serão atingidas até o dia 20 de junho. 

84% dos médicos consideram que a pior fase da pandemia ainda está por vir

O país ultrapassou a marca de 500 mil casos no último domingo (31), pouco mais de três meses depois da primeira notificação de covid-19 no Brasil. No cenário previsto pela pesquisa da universidade, o País pode dobrar os casos em apenas 20 dias.

Entre 25 e 31 de maio, o Brasil registrou uma média de 21.662 casos por dia. Mas, no sábado (30), porém, a marca foi de 33.274, a maior marca diária no Brasil desde o início da pandemia. 

Covid-19 mata 55% dos negros e 38% dos brancos internados no País, diz estudo

Segundo as projeções do Ministério da Saúde, o Brasil ainda está na fase de aceleração de casos. O pico deve chegar apenas por volta da metade de junho, justamente quando a plataforma da UFRGS estima 1 milhão de casos no país.

Tecnologia

O Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) criou uma ferramenta que busca semelhanças do novo coronavírus entre regiões do mundo. O sistema se chama  Covid-19 Analysis Tools.

O site permite que as pessoas pesquisem dados sobre a Covid-19 por cidade, estado ou país, e encontrem outras localidades com informações semelhantes de casos e mortes da doença. O banco de dados da plataforma, que utiliza informações públicas, é atualizado diariamente.

    Veja Também

      Mostrar mais