Três coveiros enterram caixão e usam roupas impermeáveis
Fábio Motta / Agência O Globo
Três coveiros enterram caixão e usam roupas impermeáveis

Paulo Benedetti foi devidamente sepultado nesta terça-feira (18), em Goiânia, após corpo ter sido trocado com o de outro paciente que morreu no mesmo dia e no hospital Célia Câmara.

No fim de semana, a familía Benedetti havia enterrado o corpo de Jair da Silva, 71 anos, enquanto o de Paulo permanecia no Instituto Médico Legal (IML) aguardando para ser enterrado. Confusão aconteceu mesmo após reconhecimento do corpo e processo de documentação da morte .

Foram necessários quatro dias de espera até que parentes conseguissem a autorização judicial para exumar o corpo de Jair e transferi-lo para outro cemitério. Agora a família precisa esperar que a investigação do Instituto de Identificação da Polícia Técnico-Científica faça a identificação do corpo, para então enterrá-lo.

Rilmo Braga, delegado a cargo da apuração do caso, disse que o inquérito investiga possível crime de subtração ou ocultação de cadáver . "A mistura e troca de cadáveres é algo extremamente grave, mas se for evidenciado que a alteração tenha sido feita de forma culposa, ou seja, com falta de cuidado, o inquérito pode ser devidamente arquivado", afirmou.

    Veja Também

      Mostrar mais