Vacinação
shutterstock
Baixa adesão motivou prorrogação de campanha de vacinação

Com apenas 45% de adesão no Brasil e taxa ainda mais baixa em vários estados, a campanha de vacinação contra a poliomelite foi prorrogada com diferentes prazos em vários estados do País. Em São Paulo, segundo a secretaria estadual de Sáude, a vacinação segue até o dia 13 de novembro.

No Paraná, a campanha segue até o término do estoque de vacinas ou até atingir a mera de 95% de cobertura, recomendada pelo Ministério da Saúde. No Rio Grande do Sul, crianças poderão se vacinar até o dia 21 de novembro.

No Distrito Federal, a data limite para a campanha é até o dia 27 de novembro. De acordo com a secretaria de saúde, apenas 40% das crianças do estado foram vacinadas. Em Belo Horizonte, a vacinação vai se encerrar no dia 20 de novembro.

Em Pernambuco, a campanha foi prorrogada até o dia 13 de novembro e no estado do Pará, até o dia 30 de novembro. Nas regiões onde a meta não foi atingida, ainda que não haja campanha, a recomendação é continuar com a vacinação de rotina, oferecida durante todo o ano em mais de 40 mil postos de saúde distribuídos pelo Brasil.

    Veja Também

      Mostrar mais