Coronavac
Fotoarena / Agência O Globo
Primeiras doses da Coronavac chegarão ao Brasil ainda este mês

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na tarde desta segunda-feira (9) que as primeiras doses da CoronaVac, vacina em fase de testes produzida pela chinesa Sinovac, devem chegar ao Brasil no dia 20 de novembro. "O Brasil será o primeiro país do continente a receber doses da vacina contra a Covid-19", disse Doria. 



Ainda segundo informações do governo de São Paulo, o primeiro lote da vacina - que só será distrbuída para vacinação em massa após fim dos estudos e aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - contará com 120 mil doses. Até o dia 30 de dezembro, porém, o país contará com 6 milhões de doses. 

Outras 40 milhões de doses do imunizante, de acordo com o Instituto Butantan, devem ser sintetizadas no Brasil com insumos também enviados da China. A produção da vacina será feita na nova fábrica do Intituto, ainda em fase de construção e com previsão para funcionar até o final de 2021. Após o fim das obras, a expectativa é de que a nova fábrica produza até 100 milhões de doses por ano da vacina contra Covid-19. 

    Veja Também

      Mostrar mais