CoronaVac
Agência Brasil
CoronaVac

Nesta quinta-feira (12), o Instituto Médico Legal (IML) confirmou que a morte do voluntário dos testes da CoronaVac foi causada por overdose , como já tinha sido divulgado pela imprensa. As informações são da CNN Brasil .

De acordo com a rede, a análise detectou a presença de opioides, sedativos e álcool no sangue da vítima. Dessa maneira, o IML determinou que o voluntário morreu de "intoxicação exógena de agentes químicos".

Após a morte do voluntário , a Anvisa  definiu a paralisação dos testes da vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, sendo alvo de críticas.

Na manhã desta quarta (11), no entanto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária anunciou a retomada dos testes .

    Veja Também

      Mostrar mais