Hospital
Divulgação/Estado de São Paulo
Hospital de Campanha do Ibirapuera foi fechado em setembro de 2020

De acordo com o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, o estado possui a segurança necessária para não considerar a reabertura dos hospitais de campanha no combate à pandemia da Covid-19.

A declaração foi feita após o questionamento da repórter do iG, Eduarda Esteves, sobre as medidas para conter uma eventual nova onda da doença. "80% dos leitos destinados à Covid-19 nos hospitais do estado ainda estão em atividade, o que nos dá a tranquilidade e segurança para não pensarmos na reabertura dos hospitais de campanha", afirmou o secretário.

Na tarde desta quinta-feira (19), o governo de São Paulo assinou um decreto que impede a desmobilização de leitos de Unidades de Terapia Intensiva e em enfermarias destinados ao tratamento da Covid-19. O objetivo é garantir o suporte aos pacientes diante do aumento de casos e internações para tratar a doença.

No início desta semana, a secretaria de saúde do estado confirmou o aumento de 18% no número de internações de pacientes para tratar a Covid-19. O índice, no momento em que São Paulo registrava constante queda nos números da pandemia, acendeu o alerta para a possibilidade de uma segunda onda da doença. 

    Veja Também

      Mostrar mais