UTI
Rogerio Santana/Governo do Rio de Janeiro
Perfil dos internados pela Covid-19 no Rio de Janeiro é mais jovem em novo pico da doença


A rede privada de hospitais no Rio de Janeiro notificaram uma mudança no perfil dos pacientes internados pela Covid-19 no estado. De acordo com o diretor da Associação de Hospitais Privados do Estado do Rio, Graccho Alvim, a "nova onda" de infectados chama atenção pelos pacientes graves com idades entre 30 e 65 anos.

A informação foi publicada pelo portal G1. Segundo Alvim, na primeira alta de casos do estado, há sete meses, a maioria dos internados em unidades de tratamento intensivo eram idosos. Desta vez, porém, as pessoas mais jovens necessitam dos cuidados.

"O perfil mudou, com certeza. Hoje, a maior parte das internações em UTIs é com pacientes entre trinta e sessenta e cinco anos. Antes, eram os idosos os que ocupavam esses leitos. Isso mudou porque as pessoas começaram a sair, trabalhar, e se infectar. Quanto mais infectados, mais internações", disse.

Até a sexta-feira (11), a taxa de ocupação dos leitos de UTI nos hospitais particulares do Rio de Janeiro era de 98%. Já a rede municipal de hospitais chegou a 100% na última semana, o que reforça o alerta para um novo pico de casos e causadas pela doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários