Dois casos suspeitos de nova mutação ainda passam por análise em SP
FreePick/Divulgação
Dois casos suspeitos de nova mutação ainda passam por análise em SP


De acordo com o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, dois dos quatro casos suspeitos de infecção pela nova variante do coronavírus (Sars-CoV-2) foram eliminados. Ambos os pacientes, internados em hospitais privados do estado, estiveram no Reino Unido, onde a mutação foi identificada pela primeira vez.

Os outros dois casos suspeitos seguem em análise pelo Instituto Adolfo Lutz, que realiza o sequenciamento do vírus. A variante identificada do Reino Unido apresenta uma alteração na proteína S do vírus, o que garante uma maior transmissibilidade entre humanos.

"Felizmente, não se identificou nenhuma modificação desse material genético que pudesse lembrar essa variante do Reino Unido. Esses dois casos são da mesma linhagem que vem circulando no nosso país e não consagraram nenhuma mutação", afirmou o secretário à rádio CBN.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários