vacina
Reprodução: BBC News Brasil
Reino Unido aplica primeira dose da vacina de Oxford

O Reino Unido começou, nesta segunda-feira (4), a vacinar sua população contra a Covid-19 com o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceira com a farmacêutica AstraZeneca. Desta maneira, é o primeiro país do mundo a usar a vacina.

O país também foi o primeiro do mundo a conceder a aprovação emergencial da vacina, e o Serviço Nacional de Saúde britânico informou que 520 mil doses estão prontas para serem distribuídas.

Um idoso de 82 anos foi o primeiro a rebecer o imunizante.  Brian Pinker afirmou que estava muito satisfeito e agora espera comemorar seu 48º aniversário de casamento com sua esposa Shirley em 2021.

Esta é a segunda vacina aprovada e usada pelos britânicos. A primeira foi a da Pfizer/BioNTech, que já é aplicada desde 8 de dezembro em grupos prioritários no país.

O Reino Unido agora planeja vacinar as pessoas com a segunda dose de ambas as vacinas 12 semanas após a primeira aplicação, em vez dos 21 dias recomendados, para poder imunizar o maior número de pessoas o mais rápido possível.

Um estudo publicado pela revista científica "Lancet" diz que a vacina de Oxford tem eficácia média de 70,4% e é segura. Os testes ocorreram em diversos países, inclusive no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários